Notícias

Policia Civil do Paraná faz operação contra jogos de azar com vítimas em todo o país

De acordo com as apurações, os indivíduos utilizavam caça-níquel eletrônico para enganar pessoas em todo o país.

Foto: SESP

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) foi para as ruas desde as primeiras horas da manhã deste domingo (19) para cumprir dez ordens judiciais contra um grupo criminoso responsável por lesar vítimas através de jogos de azar. De acordo com as apurações, os indivíduos utilizavam caça-níquel eletrônico para enganar pessoas em todo o país. Entre os mandados, estão quatro de prisão e seis de busca e apreensão, cumpridos simultaneamente em Piraquara, Curitiba e Pinhais.
As investigações apontaram que o link de uma plataforma, disponibilizado pelos criminosos, direcionava os usuários para apostas no jogo online apelidado de “Jogo do Tigrinho”
De acordo com o delegado da PCPR Tiago Dantas, as investigações apontaram que os suspeitos faziam rifas em perfis de redes sociais de carros e valores em dinheiro. As vítimas faziam depósitos em troca da participação nos sorteios, mas os prêmios não eram entregues.
Os suspeitos são investigados por crime contra a economia popular, associação criminosa, exploração de loteria sem a autorização legal e lavagem de dinheiro.
Durante as apurações, os indivíduos, no intuito de ganhar seguidores nas redes, fizeram uma ação em um posto de gasolina de Curitiba. Na ocasião, ofertaram 8 mil reais em gasolina para motoboys.  Para chamar atenção nas redes sociais, eles ainda postavam vídeos com bebidas e veículos de luxo.